Dólar sobe e vai a R$ 3,12 com expectativas de mais juros nos EUA

O dólar opera em alta ante o real nesta quinta-feira (2), acompanhando a valorização da moeda norte-americana sobre outras divisas no exterior ainda em meio às apostas crescentes de que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, pode elevar os juros em breve, segundo a Reuters.

Às 12h50, o dólar avançava 1,06%, a R$ 3,1262 na venda.

"Houve uma reprecificação (nas apostas) de aumento de juros nos EUA já em março... O dinheiro que está aqui pode começar a ir para lá", comentou o profissional da mesa de câmbio de uma corretora local à Reuters.

Nos últimos dias, dirigentes do Fed deram declarações sinalizando que a autoridade monetária pode elevar as taxas de juros do país neste mês. Segundo a ferramenta FedWatch do CME Group, as apostas indicavam cerca de 70% de chances de o Fed elevar os juros em 0,25 ponto percentual na sua próxima reunião, nos dias 14 e 15 de março.

Juros elevados podem atrair à maior economia do mundo recursos hoje aplicados em outras praças financeiras, como a brasileira, pressionando as cotações do dólar.

No exterior, o dólar subia ante uma cesta de moedas, o iene e outras moedas de países emergentes, como o peso mexicano e rand sul-africano.

O movimento nesta sessão foi reforçado após a divulgação de que o número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu para a mínima em quase 44 anos na semana passada.

No dia seguinte, a chair do Fed, Janet Yellen, fará discurso às 15h (horário de Brasília) durante evento em Chicago.

O Banco Central brasileiro não anunciou qualquer tipo de intervenção no mercado de câmbio, por enquanto, para esta sessão.

Na véspera, o dólar fechou em queda ante o real, abaixo dos R$ 3,10, com investidores promovendo ajustes após a folga de Carnaval que fechou o mercado nos dois primeiros dias desta semana. A moeda norte-americana recuou 0,65%, vendida a R$ 3,0932, depois de ter acumulado baixa de 1,2% em fevereiro.


Fonte: G1 ECONOMIA